Mosquito

Os mosquitos também podem ser divididos em domésticos, semidomésticos e silvestres. Entre os domésticos, encontram-se os do gênero Aedes e Anopheles, que vivem nas residências urbanas e suas larvas crescem nas águas paradas, em vasos de flores, pneus velhos e calhas dos telhados. Os semidomésticos entram nas habitações para alimentar-se de sangue. Abrigam-se em ocos de pau, sob folhas, nas frestas das paredes, etc.

Prevenção:

- Não jogar lixo em terrenos baldios;
- Utilizar ralos protetores;
- Não acumular água em recipientes, pneus, garrafas, latas, etc.;
- Evitar plantas cultivadas diretamente na água;
- Colocação de telas milimétricas em janelas e portas, para prevenir a entrada de mosquitos no interior dos imóveis.

Danos Causados:

Os mosquitos são de grande importância na saúde pública, pois podem transmitir várias doenças, como a febre amarela, dengue, malária, alguns tipos de encefalite, filariose, etc. São também grandes causadores de incômodo, sendo que muitas áreas de recreação deixam de ser utilizadas devido à presença desses insetos em determinadas épocas do ano.

Voltar